7 erros comuns na hora de escolher pisos e revestimentos: o 5º você não pode ignorar.

Tempo de leitura: 4 minutos

A escolha dos pisos e revestimentos para casa é uma das tarefas mais difíceis durante a construção, por isso para te ajudar nessa jornada separamos alguns dos erros mais comuns na hora de comprar o material. Confira e tire suas dúvidas.

1. Escolher sempre o mais bonito

desepero na hora da reforma

Já dizia o ditado… “quem vê cara não vê coração”. Nem sempre dá pra escolher pela beleza do piso e revestimento.

Mesmo que tenhamos encontrado a cor perfeita para o ambiente é sempre bom se atentar para as especificações do material.

Procure fazer sempre a escolha certa; arrependimento não faz o tempo voltar atrás.

Anna L. Ramos

Cada área da casa precisa de um material que atenda às sua necessidades, o quarto não vai levar o mesmo revestimento que um banheiro, assim como a cozinha não pede os mesmos cuidados que a área da piscina.

Sempre pergunte ao profissional da obra que tipo de revestimento comprar, assim você pode preservar tanto a estética quanto a segurança e conforto de seu ambiente.

2. Comprar o piso sem pensar nos imprevistos

Esse é um dos erros mais comuns! Quantas vezes você já viu um amigo ou familiar parar a obra porque faltou material?

Para evitar esse tipo de imprevisto sempre indicamos que se compre de 10% a 15% a mais do produto. Pois, durante a obra algumas peças podem quebrar.

Além disso é importante pensar em futuras manutenções, nunca se sabe quando o material de construção que você comprou vai sair de linha, por isso é sempre bom ter aquela reserva para emergências.

3. Escolher o tamanho errado

pisos e revestimentos

Na verdade não existe um tamanho certo para escolher, mas sempre existe um tamanho ideal para sua casa.

Se a área for muito grande o mais indicado é optar por peças maiores, assim há menos divisões no ambiente, deixando-o esteticamente mais bonito.


Agora se o seu espaço for pequeno, o ideal é escolher peças menores, pois as placas grandes vão precisar de muitos cortes, causando muita perda de material e consequentemente de dinheiro.

4. Usar o mesmo revestimento para áreas externas e internas

Cada área requer um determinado revestimento, usar o mesmo material em diversos ambientes pode dificultar a limpeza, e inclusive causar acidentes.

Os quartos e salas permitem uma grande variedade de pisos, os laminados estão entre os preferidos.

Já as áreas molhadas pedem um cuidado especial, como os antideslizantes, outras áreas externas como pátios, garagem e calçadas podem utilizar o tipo antiderrapante, pois evita que entre muita sujeira em casa, principalmente areia.

Se a sua casa dispões de uma área de piscina, não basta apenas  pensar nos cuidados para evitar os escorregões, também muito importante se atentar para a temperatura.

No mercado há pisos feitos especialmente para esse espaço, reduzem a sensação térmica, tornando o ambiente bem mais confortável.

5. Esquecer de pensar na limpeza diária

limpeza do piso

Quem cuida da casa sabe que não é nada fácil limpar pisos e paredes, então esse também é um aspecto a se considerar na hora de escolher seu revestimento, escolher o material certo para sua casa ajuda a reduzir os custos e horas gastas em limpeza, te dando um pouco mais de tempo livre.

Os revestimentos espelhados e claros denunciam rapidamente a sujeira, por isso precisam ser limpos constantemente.

Materiais como porcelanato, mármore, pastilhas e granito são os mais fáceis de limpar. Então você já sabe qual escolher!

6. Economizar demais na compra dos pisos e revestimentos

Tá certo que nem sempre o mais caro é garantia de qualidade, porém economizar demais pode ser um grande problema no futuro!

Qualidade é fundamental, então se você tiver com dúvidas sobre a qualidade do material oferecido, é melhor pensar um pouco mais antes de comprar.

Lembre-se que o barato pode sair caro. A melhor opção é sempre pesquisar orçamentos e possibilidades de descontos para saber onde encontrar o melhor custo-benefício. 

Se você pretender investir um pouco mais no piso de sua casa, e para isso, precisa economizar em outros itens de sua reforma, esse post é perfeito pra te ajudar nisso.

7. Deixar pra última hora

Brasileiro é assim mesmo, deixa tudo pra última hora. E por sermos brasileiros resolvemos deixar esse tópico por último.

Essa dica vale para qualquer etapa da construção, é muito importante se planejar e tirar um tempo para encomendar o material com antecedência, assim ele pode ser entregue de acordo com o andamento da sua obra.

Afinal, nada pior do que parar a construção na metade por conta de atrasos.

Gostou das dicas? Tem muito mais para você no nosso infográfico com um passo a passo para não errar na hora de comprar seu revestimento. Confira clicando aqui ou na imagem abaixo. ⬇

CTA-infografico-pisos-jurunense

Até a próxima.

Equipe Jurunense